Comentários:
De Ricardo Alexandre a 3 de Novembro de 2006 às 23:28
Assim (contado por quem tanto sabe e me ensina) vai (muito melhor) o (meu) mundo!


De luis nascimento a 13 de Novembro de 2006 às 08:20
Já dá para matar saudades,de quem tanto nos ensinou e continuará a ensinar.
É mais uma lufada de ar fresco todas as manhãs á diastancia de um click.


De joana a 17 de Novembro de 2006 às 11:07
Se ele está aqui não me importo que não esteja na Rádio É uma inspiração genial..


De Marta Amaral a 20 de Novembro de 2006 às 13:15
Estou surpreendida com os episódios que estou a ouvir de enfiada. Estou agradavelmente surpreendida porque este é o mundo de que me interessa ter notícia mas que as rádios não contam. Fico grudada.


De Fernando a 23 de Novembro de 2006 às 16:39
Queira saudar este regresso do Sena e confessar a minha profunda admiração por este profissional que tanto me ensinou e deslumbrou.
Sena, aquele abraço
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Queira saudar este regresso do Sena e confessar a minha profunda admiração por este profissional que tanto me ensinou e deslumbrou. <BR>Sena, aquele abraço <BR class=incorrect name="incorrect" <a>fernando</A>


De Anónimo a 29 de Março de 2007 às 20:34
?


De Francisco Schnell a 27 de Novembro de 2006 às 20:28
Sinceramente há muito que tinha saudades de ouvir esta voz na radio. Estou longe do país e confesso que, quando vim para fora do nosso Portugal, ouvir este senhor na radio mantinha-me muito ligado a Portugal. Depois ele deixou de lá estar e senti que na radio faltava qualquer coisa de manhã. Ainda bem que existe podcast e agora posso voltar a ouvir de novo este grande senhor do jornalismo radiofónico portugues.


De António Escórcio Ulloa a 29 de Novembro de 2006 às 11:58
Soube ontem desta rubrica através da querida Memória Virtual (http://memoriavirtual.wordpress.com/2006/11/25/sena-santos-servico-publico/) e só posso estar de acordo e agradecer. Espero que seja para durar este apontamento que me satisfaz mais que o que transmite a rádio, mas estou habituado a que o que é bom não permaneça.


De António Escórcio Ulloa a 29 de Novembro de 2006 às 12:00
Soube ontem desta rubrica através da querida Memória Virtual (http://memoriavirtual.wordpress.com/2006/11/25/sena-santos-servico-publico/) e só posso estar de acordo e agradecer. Espero que seja para durar este apontamento que me satisfaz mais que o que transmite a rádio, mas estou habituado a que o que é bom não permaneça.


De Valter Baptista a 7 de Dezembro de 2006 às 13:55
.....que nunca lhe falte a voz... parabens Sr. Sena Santos pela ousadia de remar contra a maré..obrigado


De Sofia Melo a 15 de Dezembro de 2006 às 15:37
Que coisa bem feita, com arte e profissionalismo. O podcast para se afirmar como aqlternativa precisa de ser como este um encontro diário.


Comentar post